[Resenha]: A Amante de Hitler ♥

Olá Florzinhas!!!
A primeira resenha de hoje é a do livro "A Amante de Hitler" cortesia da Editora 4 Letras, parceira aqui do blog. Confira:



Um romance que mistura realidade e ficção de forma inteligente, em uma narrativa de alta qualidade, fatores literários que se encontram para falar de um amor que foi mais forte que as diferenças e impedimentos de sua época. Dos primórdios em Viena até os derradeiros momentos na Argentina, o livro traça a trajetória do artista que virou ditador e da mulher que conheceu o outro lado da história, até então não contada. Adolf e Karolynne, um casal que provará, mais uma vez, a força do amor, e o quão improvável ele é, pois na história o que ficou registrado foi suposta incapacidade de amar de um dos protagonistas, que já teve seu lado humano e frágil.

Karolynne e Adolf.
Este seria o nome do casal de um romance comum, se Adolf, não fosse... Adolf Hitler.
Em seu livro, Catherine Marcelle, aborda a história de Hitler sobre um outro olhar, onde o vilão da História possuiria um lado sensível e humano, capaz de amar.
Esse amor seria por uma judia, que por segurança, teria sido escondida por toda a sua trajetória.
"- Me chamo Karolynne - Estendeu a mão direita. - E você?
- Adolf. - Retribuiu o gesto, olhando em seus olhos.
(...)
- Sabe o que mais, Senhor Adolf...
- Hitler, Adolf Hitler."

Ainda na adolescência, ambos se apaixonaram à primeira vista pelas ruas de Viena e amaram-se incondicionalmente. Mas nem tudo foram flores, afinal, Adolf não era judeu e então, segundo Alina (mãe de Karolynne) não seria o homem certo para casar com sua filha e manter suas tradições.

"Aquele rapaz de olhos profundamente azuis era diferente."

A partir disso, os problemas só aumentam.... A partir disso, as idéias anti-semitas que já tinha ouvido falar, tornam-se interessantes... A partir disso, a verdadeira História de Hitler começa a aparecer... seus ideais, suas paranoias, loucuras, atrocidades. Porém, em segredo, o amor deles perdurou por muitos anos e obstáculos, Hitler teria uma vida normal por trás de sua carapuça de vilão, uma sogra incômoda, um rival, uma filha e até uma neta.


"A vida do homem é uma eterna busca de sentido para a sua existência (...) Quando estou com você, sinto coisas que desconhecia a existência. E isso me faz estár mais próximo de mim mesmo."


O livro é uma obra incrível, fiquei muito impressionada com o enredo e a maneira tão simples e singela com que a autora aborda um tema tão polêmico e misterioso até os dias atuais. Admito que precisei pesquisar mais sobre o assunto, ir além do que foi passado em sala de aula, e pude, através de uma ficção, aprender mais sobre essa história, que também é nossa.


ONDE COMPAR
Editora 4 Letras: aqui

É isso pessoal, um beijo e até a próxima ♥♥

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Oi Karol, tudo bem?
    Eu estou de olho nesse livro a algum tempo, acho até estranho a gente ler uma história em que Hitler tem um lado sensível né, mas estou curiosa para viver essa experiência.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri, sabe que também pensei assim? Eu amo romances e não pude negar que me derreti nos momentos românticos entre eles, e se tratado de Hitler, isso se torna bizarro hahahaha
      Mas,de verdade, é uma obra incrível, beijocas ❤

      Excluir
  2. Blog LINDO, trabalho inspirador... Parabéns Karol, continue espalhando flores por aí!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por sua visita, elogio e incentivo Paty, beijão ❤

      Excluir

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo