[RESENHA]: A HORA DA TORMENTA

      Olá pessoal!   
         Hoje vou falar sobre o livro maravilhoso do meu parceiro, Luis Maldonalle.
  

Nome: A hora da tormenta
Autor: Luis Maldonelle
Editora: Autografia
Páginas: 304

SINOPSE: A rotina da pequena Brave Rock é virada de ponta-cabeça quando um enorme tornado F5 SODOMA desponta e transforma o céu, obliterando por completo aquele sábado ensolarado em que a cidade completaria 128 anos. Em meio ao caos, conflitos e intrigas permeiam o cerne deste trágico livro, que alternando entre ódio e violência, usa o egoísmo e os interesses pessoais do grupo, conhecido como fab four, como palco para uma rica trama, tendo a tragédia e o horror como protagonistas. Luis Maldonalle nos conta, com riqueza de detalhes, todo o drama vivido por personagens profundamente humanos, em diálogos ásperos envoltos por um cenário aterrador. Viaje até BRAVE ROCK e veja a esperança rodopiar como um enorme parafuso negro.

    A história se passa em mais uma daquelas cidades pequenas, onde o povo todo se conhece e alguns querem ser mais que os outros. Em Brave Rock, os ''fab four'', Horace, Gunther, o xerife Whoodley, e o ex-prefeito Bill, competiam pelo poder da cidade, eram os ''dinossauros'' por quererem que as coisas fossem de um jeito que não deveriam mais ser a muitos anos atrás, eram os chefes da cidade e as coisas funcionavam de acordo com suas ordens. Mas o pior naquele quarteto sujo, era o fato de não medirem esforços para conseguir o que queriam, nem que o caminho para isso fosse a morte e todo o mal.
    Muitas das pessoas depositaram esperanças - seja amorosas, vingativas, entre outras - no aniversário de Brave Rock que seria comemorado na praça da cidade. 
    O dia da comemoração começou maravilhosamente bem, com o céu aberto e o sol iluminando a bela cidade. Mas subitamente, a situação mudou. Em questão de segundos, ou quem sabe nem isso, o sol se escondeu e o que antes era um céu azul se transformou no mais escuro já visto, e o dia virou noite. Um ''parafuso malévolo'' surgiu, trazendo vento para todos os lados, destruição e desespero a tudo e todos. 
    Durante o tornado, a disputa pelo poder se transforma pela disputa pela sobrevivência. Assim, os que eram capazes de matar, foram mortos, sem piedade. E aqueles que eu torcia para que permanecessem vivos, permaneceram, ironicamente sendo as pessoas que faziam o bem (com algumas exceções, claro).
    Eu adorei o livro, meu primeiro do gênero ficção e terror. Não conseguia parar de ler até descobrir o que aconteceria com os vilões e os meus personagens preferidos (os bonzinhos), me peguei muitas vezes me imaginando no lugar daquelas pessoas passando por aquele terror, me fez pensar em como o mundo pode ser mal com nós, principalmente para aqueles que não respeitam ele, fez pensar também que devemos estar atentos, porque, como o próprio Luis disse, não podemos adivinhar quando ''A hora da tormenta'' pode chegar.
   Muito obrigada pela parceria Luis, você fez um ótimo trabalho, mostrando muito conhecimento no que escreveu! Muito sucesso! 
 ''Sabia que tudo que precisava àquela altura era de um novo começo. De juntar os cacos, como se diz por aí.'' 
     Contato: https://maldonalleblog.wordpress.com

É isso pessoal, um beijo e até a próxima

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Super dita, uma mistura de medo e curiosidade.

    ResponderExcluir
  2. Tem um filme com esse nome, não?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procurei e como ''A Hora da Tormenta'' e tem um filme de 1942 ahaha, e um só ''Tormenta'' de 1996, e também ''Noites de Tormenta'' do Nicholas Sparks! Mas desse livro não, pois é um lançamento nacional, maravilhoso!

      Excluir
  3. Talvez esse vire filme no futuro! Beijos!

    ResponderExcluir

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo